PROCLAMANDO CRISTO COMO A ÚNICA SOLUÇÃO

LIVRO "REFÚGIO SEGURO" - CAPÍTULO IV

LIVRO "REFÚGIO SEGURO" - CAPÍTULO IV

 UM REFÚGIO ENGANOSO CHAMADO

 

PRAZERES DA VIDA

 

Mas, há ainda os que crêem que os prazeres que este mundo oferece são refúgio seguro para se ter uma vida feliz e completamente realizada.  

Quantos correm atrás do álcool, bebem alucinadamente, se encharcam com a bebida, perdem o juízo, fazem verdadeiras loucuras e, quando acordam do torpor do álcool percebem que estão mais infelizes, frustrados e abatidos do que nunca.

Outros vivem em função do sexo.  Tem sexo na mente, no coração, nos olhos, nos ouvidos, nas mãos, brincam com o sexo, são possuídos por ele. O sexo que o homem busca está à sua disposição por toda a parte; na televisão, nas revistas pornográficas, na Internet, no cinema, nas esquinas, nas praças. Quanta loucura! E o coração do homem continua árido, frio, vazio, sem rumo nem direção.

Muitos partem para as drogas como a maconha, o LSD, a cocaína, a heroína, o crack. Vivem sonhos coloridos com suas drogas, viagens psicodélicas, são tomados por alucinações, mas, quando o efeito devastador das drogas cessa, eles precisam de mais e mais drogas, vivendo numa horripilante prisão.

Marilyn Monroe usufruiu de tudo o que este mundo pode oferecer, entrou de cabeça nos prazeres da vida, procurando de todas as formas encontrar um pouco de paz e felicidade.

Considerada até hoje como um dos mitos do cinema, para muitos um símbolo sexual, ela teve uma carreira estratosférica, subiu rapidamente aos píncaros da glória, e da fama, uma das maiores estrelas de Hollywood.  Mulher cortejada e amada por muitos, vivia totalmente livre, tinha acesso fácil a tudo o que qualquer mortal  deseja, mas o seu coração era vazio, sua existência não tinha sentido algum.

Certo dia, durante a apresentação de um show, ela recebeu a visita de Billy Graham, o conhecido evangelista americano havia recebido de Deus a ordem de ir até ela e anunciar-lhe a mensagem do Evangelho. Depois de ouvir o recado de Deus através do Seu servo, ela assim se expressou: “Não preciso do seu Jesus”. Infelizmente passados poucos dias desse encontro ela foi encontrada morta em seu apartamento. Tomada pelo desespero e desilusão, aos trinta e seis anos de idade ela colocou fim à sua vida, um coquetel fortíssimo de remédios encerrou abruptamente a carreira da famosa artista.

Que pena! Marilyn Monroe firmou sua vida sobre uma terrível areia movediça. A vaidade, o prestígio, a popularidade e os prazeres que a cercavam e que ela podia desfrutar, se desmoronaram fragorosamente, e trágico foi o seu fim.

Li recentemente a história de uma jovem que queria aproveitar cada instante de sua vida e curtir ao máximo tudo o que a vida pode oferecer. Procurando encontrar algo que lhe desse muita alegria e felicidade, ela se enveredou pelos caminhos do vício.

No começo, foram bebidas e cigarro mas pouco a pouco, ela foi caindo num horrendo cativeiro, um pesadelo que parecia não ter fim.

Um abismo chama outro abismo, e das bebidas e cigarro ela passou a usar heroína, e da heroína passou a prostituir‑se e da prostituição ela caminhou com suas próprias pernas para  a morte!

Esta jovem de vinte anos, pouco tempo antes de morrer à beira da sargeta, tentando imitar às avessas o maravilhoso Salmo 23, escreveu uma das páginas mais tristes, e ao mesmo tempo, mais realistas, sobre este ilusório mundo dos prazeres que a vida oferece, ela escreveu o "Salmo do viciado em heroína".

O seu texto dizia assim:

"A heroína é o meu pastor, sempre terei necessidade.

Ela me faz deitar nas sarjetas; guia‑me por águas turvas;

Destrói a milha alma e conduz‑me pelas veredas da maldade por amor do esforço.

Sim, andarei pelo vale da pobreza e escuridão e temerei todo o mal.

Porque tu, heroína, estás comigo.

Tua agulha e cápsula tentam consolar‑me;

Esvazias a minha mesa de alimento na presença de minha família;

Roubas a minha capacidade de pensar e raciocinar.

Meu cálice de tristeza transborda.

Certamente o vício da heroína me acompanhará todos os dias da minha vida.

E habitarei na casa dos mortos para sempre".

E você querido leitor, em que lugar está se refugiando?

Você tem procurado alicerçar sua vida e seu futuro em quê?

Num refúgio enganoso, que aparenta segurança, mas ao final não lhe pode dar absolutamente nada?

Continue lendo este livro, espero em Deus que ao terminar de lê‑lo você possa encontrar o verdadeiro refúgio e se abrigar nele! 

 

 

 

 

Translate this Page

ONLINE
3



 

PASTOR NORBERTO

NO FACEBOOK

CLIQUE:

 

 

LOJA

PROCLAMANDO

CRISTO 

OFERECENDO OS RECURSOS

PARA OS CRISTÃOS 

SEMEAREM O EVANGELHO.

ACESSE:

www.proclamandocristo.loja2.com.br

 - 

-

 TOTAL DE

PAGEVIEWS

-

9.105.324

 -

 

 TOTAL DE

VISITANTES